Você acha que teria estômago para assistir a uma aula de anatomia — onde órgãos de verdade são dissecados e manipulados diante dos seus olhos? Se você acha que aguentaria numa boa, então, o que você acha de presenciar essa mesma experiência em um restaurante, depois de se empanturrar com um belo jantar? Você concorda que uma coisa não combina muito com a outra, e que a ideia soa pra lá macabra, certo?

Pois, segundo Warren Manger, do portal Mirror, essa é a proposta de um patologista chamado Sam Piri, que criou a iniciativa Anatomy Lab Live. O evento começa com um jantar que inclui salmão ao forno servido com batatas assadas e outras verdurinhas, regado a um bom vinho, seguido de torta de maçã ou “Eton Mess” — uma sobremesa que consiste em morangos servidos com merengue e chantilly — e finalizado com uma aula de anatomia, para estimular a digestão.

Jantar macabro

De acordo com Warren, depois que os comensais terminam o jantar, os pratos são levados embora, o salão se transforma em um laboratório de anatomia com o puxar de uma cortina, e o show começa. No meio do local, um corpo inerte coberto com um lençol se encontra sobre uma maca de metal, e Sam, vestido com roupas cirúrgicas, entra em cena expondo o cadáver — de mentirinha, ufa! — que será usado durante a aula.

O corpo pode ser um simples manequim, mas os órgãos que se encontram dentro dele são de verdade! Apesar de não serem humanos, Sam utiliza órgãos de porcos — que são praticamente iguais os nossos —, e inicia sua aula extraindo os pulmões e o coração e exibindo tudo para os curiosos “alunos”.

Depois, o patologista disseca esses e outros órgãos diante do público, explica seu funcionamento, faz demonstrações — ele, por exemplo, infla um pulmão com um tubo como se fosse um balão — e desfila entre os presentes com vísceras nas mãos para quem quiser dar uma olhadinha mais de perto. Se você não for do tipo impressionável, você pode ver a exibição com o pulmão a seguir:

Curiosidade mórbida

Segundo Warren, a ideia de criar o Anatomy Lab Live surgiu enquanto ele ensinava biologia para crianças, e notou que os alunos se divertiam um bocado quando tinham que manusear os órgãos dos animais. Então, ele foi atrás de todas as licenças necessárias para poder dar suas aulas-show e, hoje, se apresenta para cerca de 100 pessoas por evento.

O “cenário” consiste de uma antiga sala de patologia que fazia parte de um hospital de Sheffield, na Inglaterra, que foi reconstruída em um salão do Village Hotel de Sulihull, próximo à cidade de Birmingham. Os órgãos são fornecidos por diversos abatedouros da região, e quem quiser colocar as mãos na massa, basta colocar um par de luvas e ficar à vontade!

O mais curioso é que as aulas de Sam estão fazendo tanto sucesso que Sam começou a organizar apresentações em várias cidades britânicas, como Manchester, Londres, Blackpool e Cornwall. Aliás, os ingressos para boa parte das apresentações agendadas durante o primeiro semestre do ano já estão esgotados. E aí, caro leitor, você encararia um jantarzinho desses de boa?

Fonte