O foco nos estudos é algo essencial para se obter melhores resultados no aprendizado. Quando se tem umaconcentração maior, mais sabedoria pode ser absorvida e consequentemente melhores serão as notas escolares. Porém, não são todas as pessoas que conseguem colocar o estudo em foco de forma ideal.

Nos tempos atuais, repleto de tecnologias que trazem tanto aprendizado, mas também muita distração em forma de entretenimento, se concentrar e ter foco é algo que pode se tornar complicado.

Para sanar esses problemas e colocar os estudos em dia, com eficiência melhor, o artigo de hoje irá trazer 5 hábitos para se ter mais foco na aprendizagem.

Conheça 5 hábitos para ter mais foco nos estudos

1 – Fazer planos de estudo

Sem planejamento, não há como ir muito adiante. Para quem está em uma instituição de ensino (escola, faculdade, cursinho) é mais fácil ter planos de estudos. Eles podem ser dados pelos professores de forma direta ou indiretamente, como trabalhos de casa.

Já para quem está estudando em casa, ter em mente quais matérias são as mais complicadas e fazer uma grade de estudos é interessante. Assim o aprendizado não fica avulso e dependendo de algum milagre. Planejar ajuda sim na concentração e também melhora o desempenho da absorção de conhecimento.

2 – Tenha foco comportamental

O que seria foco comportamental? É o ato de estar inserido em um contexto social e em hábitos que beneficiem seu objetivo. Uma pessoa que deseja se concentrar pode se juntar a outras pessoas que tenham essa mesma meta. Grupos em redes sociais podem ser feitos para esse fim, páginas de educação podem ser seguidas (ou curtidas). O foco comportamental trata de a pessoa colocar ao seu redor (pessoas, entretenimento, leitura, etc.) coisas que tenham ligação com seu objetivo.

3 – Ter um ideal e compartilhá-lo

Qual a meta dos estudos? Conseguir uma vaga na universidade? Estudar para obter melhores notas? Classifique seu objetivo e torne-o importante. Saber que se você o cumprir, irá conseguir melhores benefícios, estes que podem ser imediatos ou duradouros.

Compartilhar esse ideal com as pessoas ao redor também é importante. Muitas vezes a falta de concentração vem porque os familiares, ou amigos, acham que você está de bobeira ao contrário de estar estudando e acabam por interromper várias vezes. Diga a eles que está fazendo algo realmente importante, várias vezes se for preciso, só assim eles irão deixar com que estude, criando um ambiente melhor.

4 – Coloque premiações ao cumprir metas

Não é um meio ortodoxo e há quem diga que não é o certo. Mas se premiar por ter cumprido metas é algo necessário. Horas de estudo trarão benefícios a longo prazo, mas a mente geralmente deseja um prazer imediato. Comer um chocolate ou ir à um lugar que gosta, podem ser coisas interessantes a se fazer depois de atingir a meta de estudo.

5 – Intercale os estudos

Várias horas estudando de forma seguida e incessante. Lendo sobre diversas matérias diferentes nesse tempo. O corpo precisa de descanso para refletir sobre o novo conhecimento adquirido. O foco pode aumentar quando o estudo é intercalado, divido. Assim você pode colocar 1h30 de estudo de matemática, 1h de lazer, depois mais 1h30 de estudo de português, por exemplo. Assim o cérebro terá uma pausa e a matéria pode ser assimilada de forma mais adequada.

Fonte: Canal do Estudo