1. Alguns dias você não quer nem lembrar que mora com outras pessoas.

Você simplesmente não está com vontade.

2. Você descobre que coisas minúsculas podem causar grandes estragos na sua paciência.

Um passo mais forte, um copo em cima da mesa ou um lixo cheio podem ser a gota d’água pra acabar com a sua paz.

3. Entende que nem todo mundo foi criado como você.

O que pode ser ótimo! Vocês podem formar uma bela equipe.

4. Você percebe que comunicação é uma das coisas mais complicadas que existem.

Já que ninguém consegue ler sua mente, você nunca sabe se está sendo grosso ou objetivo, bonzinho ou trouxa.

5. Se houver apenas um banheiro na casa, uma hora ou outra, você vai encarar a famosa FILA.

Sempre, SEMPRE vai ter alguém que vai entrar na sua frente bem na hora que você quer usar o banheiro.

6. A cozinha vai ser o maior ponto de tensão.

É a louça na pia, a comida surrupiada, o resto de comida no freezer, a divisão de gastos… 90% das discussões serão sobre esse cômodo.

7. Achou que não ia mais precisar dar satisfações pra ninguém? Achou errado!

Você vai ter que deixar claro quando pretende fazer algo diferente ou levar alguém estranho para dentro do apartamento. Assim, ninguém terá surpresas desagradáveis.

8. Não importa o quanto vocês dividam as tarefas, uma das partes sempre vai acabar trabalhando mais.

Se você for uma pessoa muito organizada, já fica o alerta.

9. Eventualmente alguém vai ouvir o outro transando.

Apenas aceite.

10. Alguém sempre vai ter um hábito irritante de convivência.

Inclusive você.

11. Você sabe que sempre terá alguém com quem contar.

Inclusive na hora de pedir pizza todas as noites.