Us doze alunos de Medicina da Universidade Vila Velha (UVV), que postaram uma foto polêmica em abril deste ano, foram punidos pela instituição a executarem “trabalhos de responsabilidade social”.

Na época, a foto causou repercussão em todo o país. Os estudantes estão no último ano de graduação e, naquele momento, tiravam fotos para formatura. Em uma delas, os jovens estão de jalecos, com as calças abaixadas até o tornozelo, simulando uma genitália feminina com as mãos. Na legenda, em uma rede social, os autores da fotos utilizaram a hashtag #PintosNervosos.

A UVV não disponibilizou fonte para esclarecimento de dúvidas por meio de entrevista, mas informou, em nota, que os alunos envolvidos reconheceram que o comportamento foi inadequado e que formularam um pedido de desculpas voltado à comunidade acadêmica.

A comissão de sindicância, já finalizada, propôs à reitoria que os alunos deveriam compensar o comportamento com ações construtivas para a sociedade.

Segundo a universidade, a reitoria determinou que os alunos deveriam se comprometer a executar trabalhos de responsabilidade social, “sob a supervisão da Coordenação do Curso de Medicina, em prol das causas da mulher e de gênero”.

A instituição não detalhou como e onde seriam feitos esses trabalhos, mas acrescentou que todos os alunos assinaram o acordo e se comprometeram a cumprir o que foi determinado.

“Esta foi uma forma positiva e educativa encontrada pela instituição a fim de garantir futuro exercício ético. Todos os alunos que assinaram o termo estão cumprindo com o acordo até o presente momento”, disse a UVV, finalizando a nota. O advogado que defende os universitários, Felipe de Bortoli Munhoz, foi procurado pela Rádio CBN Vitória, mas declarou que o grupo não tem interesse em falar sobre o assunto.

Uma sindicância foi aberta logo depois que a veracidade da foto foi confirmada. O processo foi finalizado em dois meses, mas a UVV não divulgou o conteúdo completo da sindicância. A Federação Nacional dos Médicos e o Sindicato dos Médicos reprovam a atitude dos estudantes.

Caso em Colatina

Em Colatina, Noroeste do Estado, estudantes de Medicina de uma faculdade particular também postaram uma foto parecida, em alusão aos alunos da UVV. Depois eles ainda publicaram um novo post, com a legenda “Coração pode pq aqui só tem hipócrita” e com as hashtags #tamojuntouvv e #crmcaçanoiz.