Mudanças no Enem 2017 – O Ministério da Educação anunciou desde janeiro deste ano grandes mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio, já para valerem em 2017.  E nesse mês, tais mudanças foram apresentadas e que de uma forma ou outra terá efeitos na vida daqueles que dependem do Exame para ingressar em uma universidade.

Por isso, separamos para vocês três mudanças importantes no Enem 2017 que vocês precisam saber:

1- Provas

As provas agora serão aplicadas em dois domingos do mesmo mês. O primeiro terá duração de 5h30 e tratará das provas de redação, linguagens e ciências humanas. Já o segundo, terá duração de 4h30 e abordará os cadernos de matemática e ciências da natureza.

As provas continuam sendo aplicadas em caderno de papel, os estudantes, na consulta pública, não optaram, em sua maioria, por fazer o exame pelo computador.

A expectativa, segundo o MEC, é que com a Reforma do Ensino Médio, as provas do Enem sofram mudanças em seu modelo, já que os estudantes dividirão a carga horária de estudos entre disciplinas comuns e disciplinas de acordo com a escolha de cada um, como formação técnica e profissional, matemática, ciências humanas, dentre outras.

Por isso, o Enem poderá apresentar modelos diferentes de prova de acordo com os estudantes e seus modelos de estudos.

2- Sem certificado:

Agora, o exame passará a ser utilizado apenas para acesso ao nível superior de ensino, não podendo mais ser usado para emitir certificado de ensino médio. Essa mudança, assim como as outras, serve já para a vigência desse ano.

O Encceja, que já é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) todos os anos como meio de certificação de conclusão do Ensino Fundamental, será ampliado para servir também como certificação do Ensino Médio já a partir do segundo semestre deste ano.

3-  Inscrição

Além dos alunos que já tinham direito à isenção da taxa de inscrição, aqueles cadastrados no CadÚnico também serão isentos no Enem 2017. Aqueles que foram isentos no Enem 2016, mas que por algum motivo não compareceram no dia das provas, não terão direito à isenção no Enem 2017.

As mudanças anunciadas foram avaliadas através de uma consulta pública entre os dias 18 de janeiro e 10 de fevereiro, no site do Inep – www.inep.gov.br. A partir dos questionários respondidos por estudantes de todo Brasil, foi possível chegar a tais conclusões.